Recuperação personalizada utiliza aplicações de policerâmicos de alta tecnologia para restaurar bombas RDL

Serviço pode devolver os dimensionais originais a equipamentos que já foram até descartados pelas usinas

Muito comuns nos setores de captação de água para abastecimento da usina, turbinas a vapor e lavagem da cana, as bombas RDL são utilizadas no recalque dos fluídos que pode acentuar o desgaste abrasivo e/ou corrosivo do equipamento dependendo do percentual de particulados ou dos índices de pH. 

Para resolver esse problema, a Armo do Brasil desenvolveu um protocolo de recuperação de bombas RDL desgastadas ou, em alguns casos, até descartadas na sucata. O processo recupera os dimensionais desses equipamentos. Para cada caso, uma solução de policerâmicos com inserções de titânio e zircônio é aplicada à bomba. O processo de recuperação de cada equipamento vai

depender da avaliação da equipe de especialistas que estudam caso a caso para o sucesso da aplicação. 

O serviço é estritamente personalizado, já que, para cada tipo de bomba, existe um revestimento que é formulado para se adequar à necessidade do equipamento em questão. No geral, o serviço é realizado em até 5 dias úteis.

A principal vantagem do serviço está primeiramente no custo, uma vez que a recuperação não ultrapassa 25% do valor de uma bomba nova. Outra vantagem é o tempo de execução atrativo e a resistência do equipamento que aumenta significativamente minimizando os riscos de paradas não-programadas. Para proteção de bombas novas, o custo fica em média 10 a 15% do valor de uma nova, além da garantia de que o risco do equipamento deixar a usina na mão é quase nulo.   

Atendimento à imprensa:

Francine Cassez (francine@k6comunicacao.com.br)

Assessora de Imprensa/K6 Comunicação

Compartilhe Este Artigo:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram